O efeito da indústria 4.0 e TIC’s no mundo

http://www.secom.ba.gov.br/modules/destaques/uploads/1492024547RIACHAOJACUIPE728x90pxcopy.jpg

O efeito da indústria 4.0 e TIC’s no mundo

O surgimento da indústria 4.0 e o amadurecimento das tecnologias digitais vem afetando profundamente o cenário mundial. Nas empresas, as mudanças caminham para uma produção mais flexível e com menores custos, com profissionais cada vez menos ligados à operação e mais voltados à estratégia. Com a possibilidade de colocar produtos no mercado com maior rapidez, o público consumidor terá maior acesso a produtos personalizados, de qualidade e a um custo menor.

Entretanto, os impactos causados no mercado de trabalho decorrentes da indústria 4.0 são preocupantes, uma vez que as máquinas passam a tomar mais espaço e funções antes exercidas por humanos. Com isso, surgem novas profissões como designer holográfico, analista de cybercidade, controlador de estradas, analista de quantum machine learning e gerente de equipe humanos-máquinas (FIA, 2018). Osvaldo Maia, gerente de Inovação e de Tecnologia do Senai-SP, pondera que “É preciso estar atento e preparado. A indústria 4.0 permite a automação e a integração de todas as etapas de produção, e pede trabalhadores críticos, flexíveis, qualificados e, principalmente, abertos a novos aprendizados. Em um cenário no qual as ferramentas digitais trazem novos paradigmas para o setor industrial, os profissionais, do chão de fábrica à diretoria, também precisam mudar e se adaptar” (ARÊAS, 2016).

Ainda segundo Maia, em 2020, mais de um terço das competências exigidas não serão as mesmas consideradas essenciais nos dias de hoje. Ele afirma que “As competências sociais, como persuasão, inteligência emocional e capacidade de ensinar, terão alta demanda, por isso as habilidades técnicas precisarão ser complementadas” (ARÊAS, 2016).

 

  • Yasmim Thasla, competidora de robótica, graduanda em Engenharia da Computação e entusiasta de novas tecnologias.

Deixe uma resposta