CUT AVALIA O CENÁRIO DA CLASSE TRABALHADORA NO BRASIL

http://www.secom.ba.gov.br/modules/destaques/uploads/1492024547RIACHAOJACUIPE728x90pxcopy.jpg

Sindicatos filiados a Central Única dos Trabalhadores, CUT BA – faz avaliação do cenário da classe trabalhadora no Brasil, e na Bahia.

Na manhã desta terça feira, 05/10 a Central única dos trabalhadores, seção Bahia reuniu em sua Nova Sede, diversas lideranças dos seus sindicatos filiados, para uma breve avaliação da conjuntura do cenário atual, em que se encontra a classe trabalhadora. A Plenária teve a Participação do Presidente Nacional da CUT, Sérgio Nobre e da Presidenta Estadual da CUT na Bahia, Maria Madalena Firmo ( Leninha)

Sérgio Nobre parabenizou a CUT BA na pessoa de Leninha, pela nova sede da entidade, uma grande conquista da classe trabalhadora na Bahia, e aproveitou o ensejo para chamar a atenção dos sindicatos para a necessidade de mobilização das bases, e a necessidade de todos abraçarem a causa uns dos outros, já que a luta é uma só e o problema que atinge uma categoria hoje, amanhã atingirá a todas. Na oportunidade o Presidente da CUT Nacional falou do importante papel da Central Única dos Trabalhadores nos seus Estados, em unir os sindicatos para defender os direitos da classe trabalhadora e os interesses da sociedade como um toda, mobilizando a população a ir as ruas lutar por seus direitos, que estão sendo retirados pelo atual presidente, que desgoverna o Brasil. Estiveram presente ainda na plenária o vereador de Salvador pelo PT Thiago Ferreira, o Presidente Municipal do PT Salvador Adelmario Costa, o ex candidato a vereador Macos Gêmeos, e profissionais da imprensa sindical. Na oportunidade cada dirigente sindical fiz uma fala representando seu sindicato, o diretor de formação do Sindae e Secretário de Meio Ambiente da CUT, Orlando Santos chamou a atenção para a necessidade da CUT investir em Formação de suas bases sindicais e da importância de fazer op discurso da necessidade de lutar externar e chegar na sociedade e a Presidenta da CUT BA, Leninha encerrou a Plenária falando da importância da união do movimento sindical e da solidariedade entre os sindicatos para fortalecimento da luta na defesa do trabalhador.