A história do Natal!

E já é Natal. Essa data comemorativa na cultura ocidental, simboliza o nascimento de Jesus Cristo mas, curiosamente, nem sempre foi comemorada no dia 25 de dezembro. Apenas no século IV que o Papa Julius estabeleceu a comemoração do natal neste dia, por inexistência de registros do dia exato do nascimento de Jesus e também por ser o dia em que eram comemoradas as festas pagãs de diferentes povos pedindo por fartura no solstício de inverno.

Biblicamente, o nascimento de Jesus ocorreu em Belém (Palestina), após José e Maria, seus pais, saírem de Nazaré e viajarem 140km pelas margens do Jordão. Ao chegarem em Belém, não encontraram local para hospedagem e alojaram-se em uma caverna que era usada como estábulo. Após o bebê nascer ele foi colocado em uma manjedoura e recebeu a visita dos Três Reis Magos, que foram guiados pela estrela de Belém até o local do nascimento e entregaram como presentes ouro, mirra e incenso.

O símbolos do Natal retomam essa história a partir dos presentes que trocamos com as pessoas que amamos, como os que os três reis magos deram a Jesus. Com os presépios e decorações que recriam o nascimento de Jesus Cristo em uma manjedoura, assim como as estrelas que colocamos no alto das árvores de Natal, como uma estrela guia, igual a estrela de Belém.

Tendo em vista todo o simbolismo e sentimento especial que gira em torno dessa data, o Natal é um momento de reunir a família, retomar laços antigos e deixar a generosidade agir no coração para fazer um Natal feliz para todos que estão ao seu redor.

TEXTO: YASMIM THASLA

Deixe uma resposta