Connect with us

CIDADES

Governo garante maior esquema de segurança da história da Micareta de Feira, além de atrações e serviços em todos os dias de festa

Published

on

Durante evento, nesta terça (9), com a presença do governador, foi anunciado um efetivo de 9,5 mil agentes na operação de segurança, além das ações de saúde, direitos humanos e outras áreas

O Governo do Estado vai marcar presença, mais uma vez, na Micareta de Feira de Santana, com ações e serviços que envolvem diversas secretarias e órgãos, para garantir a segurança, diversão e também direitos do folião. O anúncio do planejamento e das atrações apoiadas pelo Estado foi feito pelo governador Jerônimo Rodrigues, nesta terça-feira (9), em evento no Centro de Cultura Amélio Amorim.

A tradicional festa do município, considerada a maior micareta do Brasil, será realizada entre os dias 18 e 21 de abril, com ações estaduais que celebram a cultura e a identidade do povo baiano. Este ano, o Governo do Estado vai homenagear o cantor e compositor Jorge de Angélica, ícone do reggae do município e da Bahia, que morreu no ano passado.

O governador Jerônimo Rodrigues destaca a importância da festa e anuncia a novidade para este ano. “A Micareta de Feira faz girar a economia da cidade e, pessoas da região inteira se fazem presentes. Esse ano temos uma novidade: nós estamos interiorizando a Micareta de Feira, apoiando com bandas importantes, cantores famosos, fazendo a pré-Micareta em dois distritos importantes – São José e Humildes” pontuou Jerônimo, convidando os foliões para os festejos.

“Nós queremos que não só quem é de Humildes e São José venha para o Micareta de Feira, mas quem é de Feira possa ir no pré-Micareta curtir, se divertir. Além da atração cultural, nós estamos garantindo segurança pública nos dois dias: 13 e 14”, finalizou o governador.

Em 2024, a festa contará, novamente, com o apoio do Ouro Negro, programa promovido pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), que visa a valorização e o fortalecimento das entidades de matrizes africanas. Ao todo, serão apoiados 16 blocos afro, que desfilarão pelo circuito da folia em Feira de Santana. Além disso, a Secult vai apoiar palcos alternativos e trios sem cordas.

Durante o lançamento, foram anunciados alguns dos artistas patrocinados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura, e da Superintendência de Fomento ao Turismo da Bahia, vinculada à Secretaria de Turismo do Estado (Setur). Entre as atrações que terão apoio estadual para se apresentar na Micareta estão os cantores Daniela Mercury, Adelmário Coelho, Ayla Menezes, Maryzelia, Paula Sanfer, Mônica Sangalo, Márcia Porto, Carol Pereyr e Marcionilio; e os grupos Saiddy Bamba, Malê Debalê, Filhos de Gandhy, Banda Didá e Camutiê. Para o Arrastão, realizado na segunda-feira (22), foi anunciada a banda Roça Sound.

Em ação inédita, o Governo do Estado promoverá ainda festas pré-Micareta em distritos de Feira de Santana, que serão realizadas no sábado (13), em Humildes, onde o público contará com as apresentações do grupo Parangolé, Afropop, Dionorina e Girlan Suzart; e no domingo (14), em São José, com Psirico, Cescé Amorim e Samba Duro Baraúna.

O objetivo é levar o clima festivo, valorização cultural e geração de emprego e renda também para o interior do município, antes de o circuito oficial da folia ser aberto.

O secretário de Cultura, Bruno Monteiro,  enfatiza que a festa é também um importante momento de desenvolvimento econômico, de distribuição de renda e geração de empregos.

“O Governo está presente com apoio à cultura, especialmente à cultura afro, à cultura local de Feira de Santana, com a valorização das atrações da terra, apoio ao turismo, às ações de segurança pública, de saúde, de proteção e respeito aos direitos das pessoas. Tudo isso é essencial para uma festa desse tamanho, dessa dimensão e com essa importância”, declarou Bruno Monteiro.

Operação de segurança

A Operação da Segurança Pública para a Micareta de Feira vai contar com um efetivo de cerca de 9,5 mil agentes, entre policiais militares, civis, penais, da Polícia Técnica, do Corpo de Bombeiros Militares e servidores da própria Secretaria da Segurança Pública. Ao todo, serão montadas 74 estruturas, sendo 45 postos elevados de observação – 32 da Polícia Militar e 13 do Corpo de Bombeiros -, sete postos da Polícia Civil, dois da Polícia Técnica e seis da SSP, além de 31 postos policiais.

O secretário de Segurança Pública Marcelo Werner, destaca a abrangência da atuação dos agentes de segurança na festa. “Temos o maior investimento da história do Governo do Estado em segurança pública: são R$10,5 milhões.  Instalamos uma Central de Comando e Controle, onde os órgãos municipais, estaduais e federais estarão atuando para atender rapidamente qualquer ocorrência. Tudo para proporcionar uma ótima festa para todos os baianos e baianas, feirenses e aqueles que vierem curtir a Micareta de Feira”, pontuou o titular da SSP.

Assim como é realizado nos acessos do Carnaval em Salvador, serão instalados oito portais de abordagem no acesso ao circuito da Micareta, que também terá um aparato tecnológico, com o emprego de 53 câmeras, sendo 22 com reconhecimento facial, incluindo uma em cada portal de abordagem. O efetivo ainda estará equipado com 330 rádios Tetra.

Todos os detalhes da micareta serão acompanhados através do Comitê Integrado de Inteligência e Análise, com a presença das Agências Centrais de Inteligência do Estado da Bahia, promovendo a análise de informações e proporcionando o assessoramento técnico às autoridades. Com isso, as equipes de segurança que estão em campo podem ser acionadas e fazer o atendimento em tempo real. A operação de segurança também vai contar com dois Centros Integrados de Comando e Controle móveis.

Ações de saúde

De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), 470 plantões planejados irão reforçar a assistência, acompanhar e atender à população durante os dias da festa. A Vigilância à Saúde vai manter um estande de testagem rápida para Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e distribuir 500 mil preservativos, além de materiais informativos, para prevenir a propagação de doenças e a gravidez indesejada.

Os foliões contam ainda com o Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas, que será imediatamente acionado em caso de desastres ou emergência com múltiplas vítimas.

“Temos investimento de mais de R$730 mil aqui. Nós estamos reforçando a assistência do Hospital Clériston Andrade, duplicando a capacidade de plantão do ano passado. A idéia é a gente trabalhar também nesse período de festa, na prevenção da saúde, uma ação importante do Governo do Estado e a gente fica feliz por reforçar essa assistência aqui”, declarou a secretária da Saúde, Roberta Santana.

A Hemoba também estará presente, através de campanhas de publicidade para promover a doação de sangue. Além disso, a Corregedoria da Saúde vai realizar ações de fiscalização em unidades assistenciais para verificar o cumprimento das escalas e jornadas de trabalho e aplicar possíveis ações correcionais. Já a Ouvidoria da Sesab estará disponível, através do 0800 284 0011, para avaliar o atendimento dos foliões nos serviços de Saúde.

Plantão Integrado

Pelo segundo ano consecutivo, a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos do Estado (SJDH) vai implantar o Plantão Integrado dos Direitos Humanos na Micareta de Feira. O conjunto de ações tem como objetivo fortalecer e integrar a rede de atendimento, enfrentamento, combate e prevenção à violação de direitos humanos em grandes eventos. O Plantão reúne diversos órgãos e entidades da sociedade civil que atuam de forma conjunta na proteção e defesa dos direitos humanos nos eventos populares da Bahia.

Este ano, haverá dois postos do Plantão, um localizado no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, na rua Vasco Filho, e outro no circuito da Micareta, na avenida Presidente Dutra. Nos quatro dias de festa, equipes fixas e volantes estarão espalhadas pelo circuito para identificar e encaminhar os casos de violações de direitos, além de realizar a mobilização com distribuição de material informativo, insumos e pulseiras de identificação para crianças.

“Serão 100 profissionais circulando no espaço da festa, acolhendo as denúncias de violação de direitos humanos, orientando sobre como atender as foliãs e os foliões e, além disso, prevenindo com a mensagem de paz, garantia e proteção de direitos”, apontou o secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Felipe Freitas.

A Coordenação Geral de Políticas de Juventude (Cojuve) terá o papel de acompanhar os casos de violações de direitos das juventudes na festa, além de promover campanhas informativas e visitas às ações e equipamentos do Estado localizados no circuito da festa. O público-alvo da ação são grupos vulnerabilizados, como crianças, adolescentes, pessoas com deficiência, idosos, LGBTQIA+, consumidores, mulheres, pessoas negras e catadores de materiais recicláveis.

Também serão realizadas as campanhas “Respeito é Nosso Direito”, destacando a importância do Disque 100 para a denúncia da violação de direitos; e “Segure sua Onda!”, que visa conscientizar às juventudes referentes a pautas sensíveis, como combate ao racismo, machismo e redução de riscos e danos. Faz parte da campanha a distribuição dos guias de Proteção Integral, que reúne informações de toda a rede, e de Acessibilidade e Inclusão em Eventos Populares, com orientações para o atendimento das pessoas com deficiência.

Assistência e acolhimento

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) é um dos órgãos que faz parte do Plantão Integrado dos Direitos Humanos, coordenando a atuação do Programa Corra pro Abraço no circuito e no entorno da festa, com iniciativas de redução de danos para populações vulneráveis. Haverá ainda a distribuição de insumos, como água, preservativos, lubrificantes, kits de higiene e materiais informativos, assim como orientações sobre autocuidado para a população em situação de rua e vulnerabilidade social. Também será assegurado atendimento para pessoas que estejam em contexto de uso de substâncias psicoativas.

Para esta ação, estima-se que serão realizados cerca de mil atendimentos. Os serviços também serão ofertados na sede do Corra, localizada na Rua Felinto Marques de Cerqueira. Equipes volantes, equipadas com mochilas térmicas e insumos irão transitar entre os foliões, realizando atendimentos e intervenções às pessoas que estejam em contexto de uso de substancias psicoativas (SPA). Serão priorizadas as pessoas em situação de rua e/ou vulnerabilidade social.

Combate ao trabalho infantil

Durante o período de folia, a Seades também vai desenvolver a campanha Proteja Bahia, contra o trabalho infantil e a exploração sexual de crianças e adolescentes. A equipe itinerante da campanha estará presente no circuito, nas proximidades e portais de acesso à cidade, para distribuir material informativo e divulgar ao público canais de denúncia contra a violação dos direitos infantis.

Promoção do respeito às mulheres

A Secretaria de Políticas Para as Mulheres (SPM)  vai reforçar as ações de sensibilização através da campanha ‘Oxe, Me Respeite!’, para garantir a proteção e a igualdade de gênero durante a folia. Para isso, a Unidade Móvel de Atendimento às Mulheres da SPM estará em Feira de Santana, para atendimento, encaminhamento e acolhimento multidisciplinar com serviço jurídico, de saúde e psicossocial.

Entre as ações, haverá a ativação da campanha Laço Branco, com distribuição de pulseiras no Bloco Lá Vem Elas, de concentração de público masculino. Todo o trabalho será feito de acordo com a Política Integrada com a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, em parceria com a Defensoria Pública, o Ministério Público, a Ronda Maria da Penha, o Tribunal de Justiça, o Hospital da Mulher, a Secretaria de Saúde, a Secretaria de Segurança Pública, as prefeituras do interior, CRAM e CREAS.

Combate ao racismo

A Secretaria da Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) também vai colocar o bloco na rua, com iniciativas transversais dos órgãos do Governo do Estado e da Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa, durante a Micareta de Feira de Santana. A Secretaria vai disponibilizar a Unidade Móvel do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, com equipe multiprofissional composta por advogada, psicóloga e assistente social, que ficará disponível, das 16h às 22h, na Avenida Presidente Dutra, próximo aos Correios.

Outro local de atendimento será no Posto Integrado de Atendimento Técnico Leandro Menezes, no Cruzamento da Av. João Durval com a Avenida Presidente Dutra, sentido Salvador, das 16h às 22h. As denúncias de casos de racismo e intolerância religiosa também podem ser feitas pelo telefone (71) 3117-7448 ou pelo email [email protected].

Mais sustentabilidade

Uma ação conjunta entre as secretarias estaduais do Meio Ambiente (Sema), do Trabalho, Emprego e Renda (Setre) e da Justiça e Direitos Humanos (SJDH) vai promover a Micareta Sustentável e Solidária de Feira de Santana. A ação prevê o investimento de aproximadamente R$ 180 mil, com financiamento de R$ 20 mil, através do Programa Estadual de Pagamento por Serviços Ambientais (Pepsa), para atender cerca de 130 catadores de materiais recicláveis. O objetivo é fortalecer empreendimentos da cadeia produtiva de reciclagens de resíduos sólidos, proporcionando melhores condições de trabalho e renda para os catadores de materiais recicláveis.

A iniciativa conta com duas centrais de coleta, localizadas em pontos estratégicos, para recebimento e comercialização de alumínio, pet e plástico, eliminando a ação de atravessadores. O projeto oferece ainda fardamento adequado (calça, camisa, boné), EPI’s (botas, luvas, camisas) e equipe técnica para execução do projeto. Estão previstos o cadastramento de 100 catadores/as de materiais recicláveis autônomos e 30 associados; entrega de 130 kits de equipamentos de proteção individual e fardamento; disponibilização de 200 sacos de ráfia para catadores (as) de materiais recicláveis autônomos; destinação final dos resíduos; entre outras ações.

Promoção do turismo

A Secretaria do Turismo do Estado (Setur-BA) começou a folia antes do início da festa, promovendo a regulação de serviços, capacitação profissional e levantamento e controle da qualidade dos meios de hospedagem. Além disso, um posto de atendimento ao turista e agentes de informação irão fornecer orientações sobre a programação no circuito Maneca Ferreira e sobre equipamentos e pontos turísticos da região. A secretaria também vai aplicar uma pesquisa sobre o perfil do visitante e avaliação dos serviços oferecidos.

“Vamos realizar pesquisas para identificar a origem dos turistas aqui na festa, o tempo de permanência, quanto eles gastam. Estas informações são muito importantes porque elas servem para o planejamento das futuras ações da Secretaria do Turismo”, destacou o secretário de Turismo, Maurício Bacelar, apontando a micareta de Feira de Santana como a maior festa de carnaval do interior da Bahia.

Vistoria de trios elétricos

Cerca de 30 trios elétricos, carros de apoio e minitrios estão passando pela vistoria prévia. O Detran, através da 3ª Ciretran Feira de Santana, compõe uma das três equipes de Fiscalização Preventiva Integrada – (FPI), que é composta também pelo Corpo de Bombeiros, CREA, Superintendência Municipal de Trânsito, entre outros. Esta equipe é responsável pela fiscalização e vistoria nos trios elétricos, carros de apoio, blocos e demais veículos que estarão a serviço durante a Micareta 2024. Só terão acesso ao desfile os carros vistoriados e condutores autorizados a circular entre a multidão.

As vistorias estão sendo realizadas no Parque de Exposições do Município, por equipes da 3ª Ciretran, em escala de revezamento. As vistorias dos veículos prestadores de serviços iniciaram no dia 1º de abril e encerrarão no dia 10 de abril. Já os carros de apoio e os trios elétricos terão as vistorias realizadas entre os dias 11 e 18 de abril. Motoristas dos grandes carros passarão pelo teste do etilômetro, antes de cada apresentação, para garantir a segurança de quem trabalha ou curte a festa.

Fiscalização e Educação no trânsito

Durante todos os dias da Micareta de Feira de Santana, equipes do Detran-BA junto com o Esquadrão Asa Branca da PM, irão realizar fiscalização nos arredores do circuito da folia, a fim de impedir o uso de álcool e direção, e prevenir acidentes, preservando vidas. O órgão também vai promover ações educativas já no Esquenta Micareta, com distribuição de panfletos de orientação para um trânsito seguro e conscientização de condutores. As ações de educação para o trânsito seguem durante a programação oficial.

Entre as operações realizadas pelo Detran estão ainda as Blitze Educativas, com distribuição de ventarolas e panfletos com informações relativas à segurança no Trânsito; e Lei Seca, em parceria com o Esquadrão Asa Branca da PMBA. As ações serão desencadeadas nos dias 18, 19, 20 e 21 de abril de 2024, no período das 12h às 4h.

Distribuição de água potável

A Embasa fez a doação de 3.120 unidades de copos de água de 200 ml, sendo 1.200 entregues para a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), em apoio ao Plantão Integrado de Proteção,  e 1.920 unidades serão encaminhadas para a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social do Estado da Bahia (Seades), por meio da Superintendência de Políticas Sobre Drogas e Acolhimento a Grupos Vulneráveis (Suprad), para fomentar as ações a serem realizadas pelo Programa Corra Pro Abraço.

A Embasa também vai promover serviço de limpeza preventiva na rede de esgoto;  pesquisa de vazamento no circuito; direcionamento de equipes que ficarão à disposição durante o evento; e efetuar ligações provisórias das instituições mediante solicitação.

Micareta da Diversidade

Neste ano de 2024, a Bahiagás está investindo, mais uma vez, no patrocínio do projeto “Micareta da Diversidade”. Em sua 3ª edição, a iniciativa tem por objetivo integrar diversas expressões culturais na Micareta de Feira de Santana, estimulando e divulgando projetos artísticos da cidade para apresentação em trios elétricos e, também, em formato tradicional de marchinhas. A intenção é preencher uma lacuna entre a classe artística negra e LGBT, e as entidades culturais representativas. A iniciativa é feita em parceria com a Associação de Bandas e Artistas de Feira de Santana (BANDAFS) e, para o projeto, está prevista a concessão de patrocínio no valor de R$ 30 mil.

Repórter: Anderson Oliveira

Fotos Matheus Landim GOVBA

Continue Reading

CIDADES

Salvador inicia implantação do primeiro viveiro de coqueiros da cidade

Published

on

By

Fotos: Bruno Concha/Secom PMS

Reportagem: Eduardo Santos/Secom PMS

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Resiliência, Bem-Estar e Proteção Animal (Secis), deu início à implantação do primeiro viveiro de coqueiros de Salvador, no Jardim de Alah. Nesta quinta-feira (23), foram instalados no local os equipamentos de irrigação. Na próxima semana terá início o plantio das primeiras mudas.

Com 3,2 mil m² de área total e o objetivo de plantar mais de 2 mil coqueiros, respeitando o espaço mínimo de aproximadamente 1,5 metro entre eles, a criação do espaço tem o intuito de proteger e desenvolver a flora da cidade. O diretor do Sistema de Áreas de Valor Ambiental e Cultural (Savam) da Secis, João Resch, explica que o espaço foi adaptado para receber as mudas de modo que os exemplares sejam aclimatados às condições da cidade, evitando assim a perda das plantas, algo que costuma acontecer com espécimes trazidos de outros locais.

“Passado este momento, a ideia é replicar o trabalho ao longo de toda a orla. Além da preservação, a iniciativa visa recompor este trecho do Jardim de Alah, cujos coqueiros que margeavam a orla marítima se perderam ao longo do tempo. É uma alternativa que encontramos para ampliar a presença desse tipo de vegetação na região”, relata.

O local contará com proteção antivandalismo, com tela e sombrite para evitar forte incidência de raios solares diretamente nas mudas. Além disso, serão instaladas placas contendo informações sobre o espaço, visando manter a população a par do tema, para que assim possam também apoiar, cuidar e manter o projeto.

Expansão – De acordo com o secretário da Secis, Ivan Euler, a criação do viveiro é uma forma de preservar os coqueirais da cidade, a exemplo deste trecho do Jardim de Alah e do que fica situado do Morro do Cristo, na Barra. “Apesar de longevos, eles não duram para sempre. Então, anualmente, muitos são perdidos. Por isso criamos este viveiro para, no futuro, transplantá-los já adaptados ao clima de Salvador, para outras áreas, conforme a necessidade”, garante.

Este é o segundo viveiro de plantas de Salvador, sendo o primeiro focado exclusivamente em coqueiros. O outro, localizado na Praia do Flamengo, é dedicado a conservar as plantas da restinga, que é um tipo de vegetação rasteira e arbustiva, nativa do local, e são geralmente encontradas na beira da praia, a exemplo de cactos, bromélias, sumarés, salsão-da-praia e samambaias, dentre outras.

Continue Reading

CIDADES

Em São Paulo, Governo do Estado promove São João da Bahia 2024 e espera bater recorde de visitantes e de recursos arrecadados

Published

on

By

A promoção do São João da Bahia 2024 transformou o Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo, em uma verdadeira “embaixada” do Estado, nesta quinta-feira (9), reunindo o secretário estadual do Turismo, Maurício Bacelar, e cerca de 200 operadores e agentes de viagem, que passaram por capacitação. Não faltaram a quadrilha, o forró e a culinária típica, presentes em todo o estado durante o mês de junho.

“A nossa expectativa é que este ano a gente bata um novo recorde, que a gente tenha na Bahia mais de um 1,5 milhão de visitantes, que deixarão algo em torno de R$ 2 bilhões para a economia baiana, gerando emprego e renda para os baianos”, afirmou o secretário.

Bacelar destacou que, para atingir o objetivo de atrair visitantes, o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Turismo (Setur-BA), atua nos principais polos emissores de turistas. “Nós hoje estamos aqui no centro de São Paulo, o maior emissor de turistas do País, para capacitar agentes de viagens e operadores de turismo diante das condições da festa. Nessa capacitação nós mostramos os diversos destinos da Bahia, a diversidade da nossa gastronomia, da música, do forró, da quadrilha, e também para mostrar como as pessoas chegam à Bahia, para que possam curtir o melhor São João do Brasil”.

O secretário de Turismo da Bahia enfatizou que os festejos juninos não se resumem ao São João. “Nessa época, são festejados Santo Antônio, São João e São Pedro. E com isso, as festas juninas se estendem pelo estado durante todo mês de junho”. Segundo ele, a festa está distribuída nas 13 zonas turísticas da Bahia. “Se nós formos falar aqui em um município, com certeza vamos deixar de falar de outros 416, onde a festa também vale a pena. É na Bahia que o São João tem a sua maior expressão”.

Infraestrutura

Para reforçar a mobilidade em todo o estado, a economia e, claro, o São João da Bahia, o Governo do Estado investe na aviação regional, com a recuperação e o credenciamento de aeroportos no interior, e na requalificação de estradas. Somente no ano passado foram mais de cinco mil quilômetros de rodovias recuperadas, facilitando o trânsito entre a capital e o interior. Também foram investidos em aeroportos ou aeródromos do estado cerca de R$ 200 milhões, aplicados em obras.

Repórter: Raul Rodrigues/GOVBA

Continue Reading

CIDADES

Prefeitura de Salvador inicia ação para arrecadar água e itens de limpeza para famílias do Rio Grande do Sul

Published

on

By

A Prefeitura vai iniciar nesta quarta-feira (8) a ação ‘Salvador Solidária’, iniciativa que pretende ajudar famílias vítimas das fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul nos últimos dias, deixando mortos e milhares de pessoas desabrigadas. A ação visa arrecadar água e materiais de limpeza, a exemplo de água sanitária, detergente e sabão.

Estes itens são os mais demandados pelo estado do Sul neste momento. Quem quiser contribuir com a iniciativa pode fazer as doações na sede da Defesa Civil de Salvador (Codesal), que funcionará como posto de coleta, até a próxima quarta-feira (15), sempre das 8h às 16h.

O prefeito Bruno Reis afirmou que Salvador já havia colocado seu corpo técnico à disposição da Prefeitura de Porto Alegre para auxiliar nas ações e destacou que o momento é de solidariedade com o povo gaúcho. “Tenho mantido contato com o prefeito Sebastião Melo para auxiliar no que for possível, inclusive disponibilizando o nosso corpo técnico da Defesa Civil, que é referência no país”, disse.

Bruno Reis ainda fez um apelo para que as pessoas possam fazer doações. “Iniciamos essa ação para arrecadar mantimentos, como água e materiais de limpeza, que são os mais necessitados agora. Faço um apelo para que todos que puderem façam doações. O momento é de solidariedade, de todo o país dar as mãos para ajudar as milhares de famílias que sofrem com as consequências das chuvas e enchentes no Rio Grande do Sul”, acrescentou.

As doações serão recebidas pela Prefeitura de Porto Alegre e, somadas a outras iniciativas de assistência espalhadas pelo país, serão compartilhadas com cidades vizinhas também afetadas pelas chuvas.

Com a ação, a capital baiana pretende unir forças para ajudar o estado do Sul, que está enfrentando sérios problemas. Apenas em Porto Alegre, de acordo com a Defesa Civil local, 9,8 mil pessoas estão acolhidas em abrigos temporários após sofrerem com as inundações.

“Estamos realizando essa ação em parceria com a Codesal, de forma integrada, para não só arrecadar material, mas também passar uma mensagem de amor, esperança e solidariedade. Já fizemos isso em outros momentos, como na própria pandemia e foi de extrema valia. Tenho certeza que os soteropolitanos irão abraçar essa causa, pois o trabalho de reconstrução do Rio Grande do Sul irá necessitar do apoio de todo povo brasileiro”, disse a vice-prefeita e secretária municipal da Saúde, Ana Paula Matos.

Continue Reading

Cultura