Connect with us

CIDADES

Governo da Bahia e Cine Metha Glauber Rocha lançam o projeto Escola no Cinema

Published

on

Termo de Cooperação também foi assinado para o Circuito Luiz Orlando

O Governo da Bahia, por meio das Secretarias de Cultura e da Educação, em parceria com o Espaço Cultural de Cinema de Salvador (Cine Metha Glauber Rocha) assinaram, nesta segunda-feira (20), o convênio do projeto Escola no Cinema, que tem como objetivo levar alunos e professores da rede estadual de ensino às sessões de filmes num dos mais bem equipados cinemas de rua do Brasil. Na oportunidade, a Secretaria da Educação e a Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) assinaram Termo de Compromisso para implantação do Circuito Luiz Orlando de Exibição Audiovisual nas escolas do estado. As assinaturas celebraram o Dia do Cinema Brasileiro, comemorado em 19 de junho.

A ideia do projeto Escola no Cinema é a formação de plateia a partir de sessões gratuitas e garantir a apreciação de conteúdos audiovisuais para mais de 2 mil alunos e professores. Essa iniciativa está ancorada em uma das políticas públicas de cultura, que é o acesso à fruição e a formação de público nos equipamentos culturais. Também está de acordo com uma das diretrizes da SecultBA, o alargamento das transversalidades da cultura, que tem como mote a articulação com campos afins como a educação.

Para o secretário da Educação do Estado, Danilo Souza, a escola é a casa da cultura. “Entendemos que oferecer a arte como parte do aprendizado constrói um conhecimento que bebe na criatividade e na inovação. E essas iniciativas proporcionam que novos horizontes sejam criados para os estudantes e a comunidade escolar.”

O projeto será inicialmente desenvolvido durante um ano, no período de aulas para alunos do ensino fundamental II e ensino médio da rede estadual, e visa estimular a criatividade e desenvolvimento do senso crítico. As sessões serão agendadas previamente entres as escolas e o cinema.

Cláudio Marques, um dos gestores do Cine Metha Glauber Rocha, indica que essa é uma conquista mais que esperada. “Há muito anseio e busco pela concretização desse projeto. A nossa missão se situa entre a diversidade do olhar (cinema brasileiro) e a democracia do acesso aos filmes. Meu desejo é que o projeto seja fortemente ampliado”, destacou.

Clube do Professor

Para os professores as sessões gratuitas serão disponibilizadas via cadastro e carteira de associado do Clube do Professor. Com programação de filmes diversificados que visam contribuir com sua formação cultural e cinematográfica, oferecendo ao mesmo tempo lazer e reflexão.

Circuito Luiz Orlando

Com a assinatura do Termo de Compromisso a SEC e a Funceb lançam o Circuito Luiz Orlando de Exibição Audiovisual e abrem, a partir desta terça (21), a chamada para escolas públicas estaduais participarem como pontos de exibição do circuito, podendo alcançar mais de mil escolas, 32 mil professores e 700 mil alunos. Mais informações as escolas devem acessar o site da Funceb (www.fundacaocultural.ba.gov.br).

De acordo com a diretora Geral da Funceb, Renata Dias, é importante fazer valer o legado de Luiz Orlando. “Marcamos hoje o dia em que a política pública baiana rememora o legado decolonial do militante e intelectual negro Luiz Orlando por meio das interseções entre Cultura e Educação. Estamos dando materialidade a um pensamento político que em muito valorizou os elos de distribuição e exibição no pensamento sobre o cinema independente nacional, e ao mesmo tempo trabalhando pela visibilidade de parte do imenso legado daquilo que foi fomentado pela política audiovisual executada pela Funceb nos últimos 15 anos”, reforçou a gestora.

O Circuito Luiz Orlando é coordenado pela Diretoria de Audiovisual da Funceb (Dimas) e tem como pilar o cumprimento da Lei n. 13.006/2014, que determina a exibição da produção nacional nas escolas e segue as diretrizes de difusão das artes em espaços escolares, abrigadas na Lei Orgânica da Cultura da Bahia. O projeto visa promover a ampliação do acesso ao cinema brasileiro, principalmente baiano, no âmbito dos espaços escolares, fortalecer a relação entre o cinema e a educação nas escolas públicas do estado da Bahia, além da formação de público. Com isso, o Circuito pretende ampliar sua rede de exibição para os 417 municípios baianos.

A ação pretende difundir a produção baiana no segmento, ampliar o acesso e estimular reflexões e diálogos em torno de temas relevantes para a agenda contemporânea, a partir da perspectiva audiovisual. Além disso, o Circuito sistematiza a distribuição do acervo de materiais produzidos, através do Fundo de Cultura do Estado da Bahia; realiza atividades de formação e mediação cultural dentro da linguagem audiovisual e elabora materiais de uso pedagógico com conteúdo de apoio aos exibidores e educadores.

Fotos: Lucas Rosário/SecultBA

CIDADES

Com a missão de melhorar cada vez mais a educação da Bahia, Jerônimo inaugura escola em Saúde

Published

on

By

Também foram entregues, nesta sexta (12), no município, obras de segurança e mobilidade

O município de Saúde, no centro norte baiano, ganhou, nesta sexta-feira (12), uma nova sede do colégio estadual, uma unidade conjugada das Polícias Civil e Militar, além do novo Mercado Municipal Zilda Santos dos Reis, que passou por reforma e ampliação. As obras foram inauguradas pelo governador Jerônimo Rodrigues, que também deu por entregue a pavimentação do trecho de rodovia que liga o entroncamento da BA-131 ao distrito de Genipapo.

O governador expressou sua satisfação sobre as intervenções importantes realizadas em Saúde, como colégio estadual. “Uma alegria ter mais uma unidade de educação em tempo integral, garantindo a presença dos estudantes o maior tempo na escola”, celebrou Jerônimo.

A sede do Colégio Estadual Ernesto Carneiro Ribeiro passou por obras de modernização e agora funciona na modalidade tempo integral. Com a reforma, o prédio passa a ter oito salas de aula, laboratório de informática, sala de leitura, restaurante, teatro e quadra poliesportiva coberta. Foram investidos mais de R$ 3,5 milhões na intervenção.

Além do ensino convencional, são oferecidos cursos técnicos de zootecnia, segurança do trabalho e agropecuária. A secretária da Educação em exercício, Rowenna Brito, destaca a melhoria pedagógica que estas unidades vêm promovendo. “Essa entrega é carregada de significados, porque potencializa a aprendizagem dos estudantes para que eles possam construir os seus sonhos, construir seu caminho, construir suas ideias e sua vida para o mundo do trabalho e para o projeto de vida deles. Então, essa entrega aqui tem muito sentido e muito significado para o Governo do Estado e para a Secretaria da Educação”.

O colégio atende mais de 600 estudantes, como Wivian Kathleen e José Antonio, ambos do 2º ano do ensino integral, que consideram fundamental essa ampliação, oferecendo melhores condições para aprender. “Essa reforma vai ajudar muitos alunos. Eles vão ter um futuro brilhante, maravilhoso”, avaliou José Antonio. “Em relação à escola antes e agora, agora está muito melhor, a estrutura do colégio está mais bonita, mais moderna”, completou Wivian.

Segurança Pública

A segurança dos saudenses vai ser reforçada com a entrega da nova Unidade Integrada da Delegacia Territorial, da Polícia Civil (DT), com o Pelotão da Polícia Militar, pertencente a 24ª Companhia Independente da Polícia Militar, sediada em Jacobina. A obra conjunta teve o aporte financeiro de R$ 2,7 milhões. Essa é a 13ª unidade inaugurada somente em 2024 e a 75ª no governo Jerônimo Rodrigues. Mais proteção para os 10.478 moradores locais, como destaca o secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner. “Isso representa um avanço muito grande para as forças de segurança, dando melhores condições de trabalho, modernizando a capacidade do policiamento, de investigação e, consequentemente, prestando o melhor serviço à população. É o maior projeto de melhoria da rede física das forças de segurança, em prol da segurança pública e das forças de segurança”.

Desenvolvimento Rural

Na ocasião, por meio da parceria entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, através da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), foi totalmente reformado o Mercado Municipal Zilda Santos dos Reis, que passou por obras de reforma e ampliação. O investimento foi de quase R$ 870 mil. O local conta com 32 boxes e restaurantes. Com isso, os comerciantes passarão a ter um espaço mais adequado para vender seus produtos. Buscando padronizar e organizar o local, a CAR ainda doou 60 barracas de feira.

Estradas

Jerônimo deu por entregue a pavimentação do trecho de rodovia que liga o entroncamento da BA-131 ao distrito de Genipapo. Foi investido R$ 1,2 milhão nessa obra. O trecho recuperado tem extensão de 2 quilômetros, beneficiando cerca de 19 mil pessoas. O impacto positivo vai alcançar também as principais atividades econômicas da região, como agropecuária e o turismo. “Importantíssimo para conectar a população e ainda queremos poder entregar mais estradas, ligando a sede aos distritos e aos povoados”, acrescentou o governador.

Autorizações

A SDR, através da CAR, foi autorizada a firmar convênio com a prefeitura local para construir uma unidade de beneficiamento de mandioca na zona rural de Saúde. Vão ser atendidas 80 famílias da agricultura familiar. Também por meio da parceria com a gestão municipal, foi autorizada a construção do mercado de carnes.

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), foi autorizada a emitir ordem de serviço para requalificação da Praça Coronel Albino Pereira, no centro da cidade. O investimento é estimado em R$ 2,4 milhões e prevê implantação de quiosque, jardim, pavimentação e pergolado.

A Sedur, por meio da Conder, também recebeu sinal positivo para conveniar com a prefeitura para a pavimentação asfáltica de ruas no centro da cidade. A Sedur, novamente através da Conder, foi autorizada a conveniar com a prefeitura para a drenagem e pavimentação de ruas e requalificação da Praça do Alto da Santa Cruz, na sede.

Repórter: Anderson Oliveira/GOVBA

Continue Reading

CIDADES

Em Lauro de Freitas, cadastro habitacional poderá ser realizado online a partir da próxima segunda-feira (15)

Published

on

By

A partir da próxima segunda-feira (15), os munícipes poderão realizar o Cadastro Habitacional de Interesse Social de forma online. O formulário estará disponível permanentemente no site da Prefeitura de Lauro de Freitas, e poderá ser preenchido pelo próprio cidadão.

O cadastro visa dar continuidade à base de dados e tem como objetivo identificar os munícipes em situação de vulnerabilidade, conforme explica a coordenadora do Departamento de Habitação e Regularização Fundiária (DEHAB), Alana Freire. “Todos os munícipes em situação de vulnerabilidade, que não possuem habitação ou residem em moradia precária ou área de risco, podem realizar o cadastro de Habitação, que funcionará permanentemente, como uma ferramenta de diagnóstico e para possíveis seleções de demanda”.

Além da possibilidade de cadastramento online, os interessados que atendam os pré-requisitos, mas queiram optar por um atendimento presencial podem se dirigir ao Centro Administrativo de Lauro de Freitas (CALF), de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Os postos descentralizados não vão mais funcionar.

A Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento Urbano Sustentável e Ordenamento do Uso do Solo (SEDUR), por meio da DEHAB, destaca que o cadastro não garante a concessão de unidades habitacionais, mas os dados serão utilizados como base de cálculo para futuros programas.

Texto – Yandra Barros

Foto – Wandaick Costa

SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas

www.laurodefreitas.ba.gov.br

Continue Reading

CIDADES

4ª Edição do Circuito de Feira Agroecológica Urbana de Salvador acontece nesta sexta-feira (12)

Published

on

By

Fotos: Divulgação

Com uma vasta oferta de produtos de hortifruti, gastronomia e artesanato sustentável, a 4ª Edição do Circuito de Feira Agroecológica Urbana de Salvador será realizada nesta sexta-feira (12), das 9h às 17h, na Praça da Inglaterra, no Comércio. Parte do Programa de Agroecologia de Salvador, o evento gratuito fomenta a agroecologia e o empreendedorismo verde. As feiras são promovidas pela Prefeitura de Salvador, por meio da Secretária de Sustentabilidade, Resiliência, Bem-Estar e Proteção Animal (Secis), em parceria com as demais secretarias municipais.

O circuito reúne 15 stands com fornecedores de itens de produção primária (vegetais, frutas, hortaliças), itens beneficiados (compotas, molhos, lanches), e fornecedores com produtos ou serviços com aderência ao assunto (brechó, ecobags, e compostagem). O titular da Secis, Ivan Euler, destaca que as feiras além de fomentar o consumo de produtos sustentáveis, trazem também um novo olhar sobre a agricultura urbana.

“São ótimas oportunidades de dar visibilidade aos agricultores urbanos de Salvador e Região Metropolitana. Nosso intuito é mostrar que existe agricultura na capital. Temos muita gente que trabalha com produtos orgânicos, livres de agrotóxicos, e vive dessa atividade econômica. As feiras são espaços para esses comerciantes”, afirma Ivan Euller.

Segundo ele, o objetivo do circuito é democratizar o acesso da população a esse tipo de produto e serviço. “Nosso calendário contempla a realização de feiras em bairros populares e em locais de circulação fácil das pessoas na cidade, a exemplo do Comércio, onde acontece essa edição”, destaca.

Para o secretário, a promoção de feiras agroecológicas em espaços públicos são essenciais para evidenciar a importância da proximidade entre agricultores e consumidores. “É sempre um momento de troca de ideias, com o objetivo de promover uma alimentação saudável e sustentável à população. Convidamos a população de Salvador a passar por lá e adquirir produtos de melhor qualidade e mais baratos do que no supermercado”, convida.

Dentre os objetivos das feiras está o incentivo à produção local e a consciência sobre a melhoria da saúde coletiva da população. De acordo com o organizador do evento, Isaías Vasconcelos, as feiras incentivam a criação de empregos verdes em Salvador e, consequentemente, a geração de renda para pequenos empreendedores. “Seguimos essa linha, oportunizando que o feirante agroecológico da cidade tenha espaço onde expor os seus produtos verdes sem agrotóxicos”, reforça.

A feira também oferece um espaço para a comercialização de produtos artesanais e reaproveitados da reciclagem de materiais que seriam destinados ao lixo. “Os participantes são pessoas e entidades que participam de outras feiras da cidade, e vieram agora formar parceria com a gente”, diz o organizador da feira.

4ª Edição do Circuito de Feira Agroecológica Urbana de Salvador​

Onde​: Praça da Inglaterra – Comércio

Quando​: 12 de abril, das 9h às 17h

Entrada Gratuita

Continue Reading

Cultura