LOMGALGIA, E AGORA?

http://?LOMBALGIA A lombalgia não se trata de uma doença, mas sim de um conjunto de sintomas que podem, quando não tratada corretamente, prejudicar permanentemente a qualidade de vida do paciente. Na maioria das vezes, é provocada por má postura e outras práticas não saudáveis. A lombalgia é um problema que requer atenção pois está atingindo não apenas pessoas idosas, mas também jovens, adolescentes e até crianças. É muito importante saber diferenciar a lombalgia da simples dor nas costas, para que ela possa ser tratada de maneira adequada. Na lombalgia, a dor se concentra principalmente na coluna lombar, ou seja, na região mais baixa da coluna. Ela pode se estender ainda para as coxas e para os glúteos. Existem dois tipos de lombalgia (aguda e crônica), que variam de acordo com o tempo de duração. A lombalgia aguda dura entre alguns dias, até seis semanas – e, neste caso, a dor se trata de um quadro passageiro, geralmente provocado por esforço físico ou má postura. Já no caso de lombalgia crônica, a dor nas costas costuma durar semanas, ou mais e pode estar relacionada à inflamação de um nervo. ?CAUSAS: São vários os fatores que podem criar traumas repetitivos na região e provocar a dor na coluna lombar. Eles podem se tratar de problemas na postura; esforço excessivo nas atividades físicas, ou para levantar e carregar objetos pesados; deformidades; lesões esportivas; traumas por quedas; fatores emocionais; e inclusive doenças como hérnia de disco, câncer, artrose, estenose do canal vertebral, espondilite anquilosante, entre outras. ?SINTOMAS: A dor se concentra na região lombar. Mas é possível que a dor se irradie também para o meio das coxas e glúteo. Tambem pode apresentar os seguintes sintomas: – Contrações musculares – Limitação de movimentos dos quadris e pelve – Incômodo ao caminhar ou realizar outras atividades comuns do dia a dia – Dificuldade para dormir – Ansiedade – Depressão Os três últimos sintomas estão associados principalmente a casos crônicos. Se a dor na lombar vier acompanhada de outros desses sintomas e se persistir após 72h, o paciente deve procurar por um especialista em dor. Sofre desse mal? Podemos ajudar! ☎ Unidade Salvador – (71) 3022-2994 / Centro Médico Salvador, sala 505 – Itaigara. ⠀⠀ ☎ Unidade Lauro de Freitas – (71) 3508-5143 / Estação Villas Shopping, Sala 304 – Villas do Atlântico.

 

 

Deixe uma resposta