Setorial de Saúde do PT Bahia apresenta propostas para o PGP de Jerônimo

O Setorial de Saúde do Partido dos Trabalhadores da Bahia apresentou um documento com propostas para integrar o Programa de Governo Participativo do pré-candidato do PT ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, em plenária realizada nesta segunda-feira, 27, em formato híbrido (virtual e presencial) na sede do Sindprev, em Salvador. Dentre as propostas, estão a prioridade da população ao direito à saúde, a valorização dos profissionais da saúde, reestruturação dos programas de formação profissional e políticas de valorização da vida dos profissionais da área, dentre outras. O documento do Setorial, no entanto, ainda estará aberto a adendos e outras propostas, que serão sistematizadas para ser entregues ao PGP.

O coordenador do Setorial de Saúde do PT Bahia, Raimundo Cintra, destacou a importância do processo democrático do PGP que vem sendo construído coletivamente há mais de dois meses. “Nenhum partido neste momento faz o que nós estamos fazendo, com todas as representações da saúde na Bahia. Temos companheiros de vários setores, como médicos, enfermeiros, auxiliares, e temos uma sociedade usuária do SUS (Sistema Único de Saúde) que está nos ouvindo e participando”, afirmou.

Jerônimo Rodrigues, que participou da plenária de forma virtual, defendeu que as propostas apresentadas estejam alinhadas com as do programa de governo de Lula à presidência da república. Na reunião, Jerônimo falou também sobre a importância do fortalecimento da parceria com os municípios para a atenção básica e destacou os avanços na saúde nas gestões petistas na Bahia, como a construção das policlínicas. “Hoje a gente consegue entender muito bem o papel das policlínicas, e a parceria com os consórcios de saúde provoca a gente no sentido de fortalecer a inteligência nos municípios porque são os municípios que estão tratando da execução do trabalho”.

O deputado federal Jorge Solla falou sobre o desafio da organização da militância para a vitória de Jerônimo, de Lula e para ampliação das eleições dos parlamentares petistas. “O Setorial de Saúde precisa tomar para si a tarefa de organizar a militância da saúde do PT na campanha eleitoral, organizar para o presidente Lula e para Jerônimo e também para ajudar a fazermos uma grande bancada com a presença de nossos companheiros e companheiras do PT”, afirmou Solla, também pré-candidato a deputado federal.

A plenária contou também com as participações da coordenadora do Setorial Nacional de Saúde do PT, Eliane Cruz, do ex-ministro da saúde, Arthur Chioro, da pré-candidata a deputada estadual Ceuci Nunes, do pré-candidato a deputado estadual Valdemir Medeiros e do presidente do Conselho Estadual de Saúde da Bahia, Marcos Sampaio, dentre outros.


Ascom PT Bahia
Foto: Divulgação