Coluna Sempre Atual, Por Adilson Fonsêca

Incendiário
O Setor de Inteligência do Exército acendeu a luz de “alerta” com as manifestações previstas para o próximo dia 24 a favor do ex-presidente Lula, que será julgado (podendo ser preso e ter os direitos políticos cassados) pelos juízes do 4º Tribunal Regional Federal, em Porto Alegre, no processo em que foi condenado pelo juiz Sérgio Moro.Curitiba.
O líder do Movimento dos Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, anunciou na semana passada que o País vai ser incendiado com as manifestações organizadas tanto pelos sem terras como pelos sem tetos. O tom da mensagem de Stédile, gravada em vídeo, “acendeu a luz de alerta” dos serviços de inteligência das Forças Armadas, que temem não só confrontos diretos com a Polícia Militar, mas também ataques a instituições públicas e confrontos com os manifestantes a favor do juiz Sérgio Moro.


********************************
Incendiário II
E por falar em militância, quem deve estar atento é a Polícia Militar da Bahia, para confrontos que poderão surgir durante o cortejo da Lavagem do Bonfim, nesta quinta-feira, em Salvador, com integrantes do MST, MSTS e militantes mais aguerridos do PT, com o Movimento Vem Pra Rua, que é a favor.  O Setor de Inteligência do Exército acendeu a luz de “alerta” com as manifestações previstas para o próximo dia 24 a favor da condenação ex-presidente Lula. Nesse meio estarão apoiadores do deputado e candidato à presidência, Jair Bolsonaro.

*************************
Até março
Março é o prazo, mas propriamente 24, quando todos os secretários estaduais e municipais,e ministros, no âmbito federal, deverão se desincompatibilizar dos cargos que ocupam na administração pública para concorrerem às eleições de 2018. Na Prefeitura de Salvador é certa a saída de Tia Eron, que deverá concorrer a uma vaga no senado, na chapa de ACM Neto, vice-governadora ou mesmo buscar a reeleição na Câmara Federal.
No Estado, entre nomes cogitados, o mais certo e de maior peso é do ex-governador Jaques Wagner, que de secretário de Rui Costa,m deverá marchar com ele na eleição na disputa por uma vaga no Senado. Wagner, por sinal,é uma espécie de Plano B do PT,m em caso de Lula se tornar inelegível por conta do julgamento do próximo dia 24.

****************************
De olho na Presidência
Quem não deve mais concorrer a uma vaga na Assembléia Legislativa ou mesmo na Câmara Federal é o vereador Geraldo Junior, atual secretário do Trabalho da administração do prefeito ACM Neto. Bem avaliado nas últimas eleições, e com trânsito livre entre os diversos partidos na Câmara, Geraldo Jr pretende continuar secretário de Neto (depois de março de Bruno Reis) e depois disputar a presidência da Câmara dos Vereadores.

Deixe uma resposta