Recursos destinados à saúde e educação na Bahia crescem 26,8% em 2021

Valor total aplicado no ano passado foi de R$ 15,51 bilhões, ante R$ 12,23 bilhões de 2020. Bahia cumpriu com folga limites previstos pela Constituição Federal para essas despesas

Além de encerrar 2021 mais uma vez entre os Estados líderes em investimentos no país, a Bahia alcançou outra marca relevante no ano passado ao ampliar em 26,85% as despesas próprias destinadas à saúde e à educação. O crescimento é expressivo considerando também os gastos voltados para o enfrentamento dos efeitos da pandemia da Covid-19, que passaram de R$ 1,14 bilhão no primeiro ano da crise sanitária para R$ 1,64 bilhão em 2021.

O total destinado às áreas sociais foi de R$ 15,51 bilhões no ano passado, ante R$ 12,23 bilhões em 2020. Na área de saúde, as despesas próprias foram ampliadas de R$ 4,14 bilhões no ano anterior para R$ 5,35 bilhões em 2021, um avanço de 29,13%. Já o valor destinado a educação foi ampliado de R$ 8,08 bilhões