ALEX SANTANA fala sobre a REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Segundo o Deputado Federal Alex Santana do PDT da BA, o argumento do excelentíssimo Sr. Presidente da República, dos governadores e dos prefeitos de que precisamos reformar a previdência social é válido.
Para ele ser contra uma reforma previdenciaria, onde gestores de diferentes bandeiras ideológicas falam da necessidade urgente de mudança é um paradigma, posto que, existem certas garantias que precisam ser dadas para que a perspectiva da reforma possa de fato, ter o apoio do parlamentar que declara em bom tom “Não à desconstitucionalização da previdência”
Segundo o deputado, a previdência não pode ser reformada por um projeto de lei somente, por uma emenda à constituição, mas, com amplo debate no Congresso Nacional.
“A manutenção do Benefício de Prestação Continuada é preliminar nesta questão, o governo não pode condenar os mais pobres à miséria, nem esperar que cheguem aos últimos dias de vida para receber o benefíco.” Disse o deputado que defende a manutenção da regra atual, onde todos que não puderam contribuir de forma alguma, recebam a partir dos 65 anos, um salário mínimo e, também argumenta sobre a manutenção da aposentadoria do trabalhador rural garantindo que a regra atual é o mínimo que se pode fazer para contemplar essa categoria tão importante para o país.
O deputado destacou ainda, a preocupação em manter a aposentadoria dos professores, uma categoria profissional tão desgastada ao longo dos anos com a jornada dupla dos mesmos. O que, para ele, também justifica a manutenção da regra atual.
O destaque do mandato do recém eleito parlamentar é a sua brilhante atuação nas comissoes em que é titular o fez o poder de seus posicionamentos crescer junto a base do governo no Congresso. Vale resaltar, a força do segmento que o elegeu e as alianças partidarias que vem estabelecendo nesse primeiro semestre, devido a relevância do compromisso social com o seu eleitor, que o parlamentar tem demonstrado ter.

TEXTO: Patrícia Lane

FOTO: Assessoria

Deixe uma resposta