Bolsonaro assina Previdência militar sem idade mínima e com mais vantagens

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou hoje a reforma da Previdência dos integrantes das Forças Armadas. O texto da lei, que havia sido aprovado pelo Senado no início do mês, também reestrutura a carreira dos militares e concede diversos benefícios.

A proposta tem vantagens em relação à reforma dos trabalhadores da iniciativa privada e de servidores públicos. Os militares receberão salário integral ao se aposentar, não terão idade mínima obrigatória e vão pagar contribuição de 10,5% —a iniciativa privada paga de 7,5% a 11,68% ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Deixe uma resposta