MULHERES VANGUARDA – As que trazem inovação para toda a humanidade

Alguém consegue viver sem telefone celular e sem internet Wi-Fi? Não, não é mesmo?

A tecnologia que proporciona nossa conexão à internet sem o uso de cabos de rede é uma realidade na sociedade atual, graças a uma mulher inventora, que durante a época da Segunda Guerra Mundial criou um sistema de comunicações para as Forças Armadas dos EUA, que serviu como base para a invenção do Wi-Fi e da atual telefonia celular.

Hedy Lamarr, atriz e inventora austríaca nascida em 1914 entrou para o futuro da humanidade transformando para sempre, a comunicação em todo o mundo.

Como atriz, sua fama no cinema também é um marco. A atriz protagonizou a primeira cena de orgasmo da história da sétima arte. Na ciência e tecnologia, Hedy estava à frente de seu tempo, contribuindo com invenções que transformaram as relações humanas, os negócios, a política, a saúde, a vida no Planeta Terra.

Interpretou diversos papéis em filmes alemães, contracenando com atores famosos da época.  Filha de pais judeus era parte de uma família de classe média cuja mãe era uma pianista e o pai, diretor bancário. Sendo considerada pelo diretor Max Reinhardt “a mais bela mulher da Europa”.

Atriz, que se casou cinco vezes e tornou-se natural dos EUA, após fugir do seu segundo marido, também foi uma grande inventora

Hedy, que durante a infância estudou piano por dez anos, juntamente com o compositor e inventor George Antheil inventou um sofisticado aparelho de interferência em rádio para despistar radares nazistas na época da Segunda Guerra Mundial. A ideia surgiu quando a dupla estava fazendo um dueto ao piano e começaram a “conversar” entre si alterando os controles do instrumento descobrindo que, se o emissor e o receptor mudassem constantemente de frequência, somente os dois poderiam se comunicar sem serem interceptados pelo inimigo. E assim surgiu a base do WiFi e da telefonia celular que usamos hoje no mundo atual.

 

Por – Patrícia Lane