Aos 22 anos, filho do deputado da tatuagem arranja emprego de R$ 10 mil no governo

Yorann Costa, filho do deputado Wladimir Costa (SD-PA), foi nomeado delegado federal da Secretaria de Desenvolvimento Agrário no Pará. De acordo com o site da revista Época, Costa ficou famoso durante a tramitação da denúncia contra Michel Temer no ano passado por ter tatuado — de mentirinha — o nome do presidente no ombro.

Segundo a publicação, o salário do jovem é de R$ 10 mil. Yorann tem 22 anos e estuda Direito e Gestão Pública. Nas redes sociais, ele agradeceu à “determinação de Jesus Cristo” por sua nomeação. A secretaria é cota do Solidariedade, de Paulinho da Força (SD-SP).

Deixe um comentário