Rebeldes têm asas

Rebeldes têm asas

Rony Meisler é o fundador e CEO da marca de roupas do Rio de Janeiro Reserva. Em dez anos, a empresa se tornou um fenômeno, com 45 lojas próprias e oito franquias, além de mais de 400 varejistas e cobertura nacional.
A história da Reserva começou em 2004. Na época, Rony Meisler, juntamente com o amigo e publicitário Fernando Sigal, decidiu criar uma marca que produzisse shorts e camisetas para diversificar a maneira como os homens se vestem.
No livro “Rebeldes têm Asas”, Rony conta a história por trás do sucesso da Reserva e de todas as marcas e aventuras de negócios da empresa. Ele é um empresário que abusou de sua criatividade para tornar o público carioca fiel e se tornar uma referência em desenvolvimento de negócios no Brasil.

Ele relata os princípios por trás da filosofia e abordagem comercial da Reserva – comunicando o objetivo da marca – para alcançar, além do consumidor, marcas consolidadas e propor colaborações. O B2B Business Method – business to business – define uma proposta de valor que visa outro negócio no geral, com maior maturidade organizacional.
Sendo assim, ele buscou grandes empresas como Adidas, Jonny Walker e outras já consolidadas, propôs colaborações com objetivos diferentes, mas com o mesmo foco: unir-se às grandes e estabelecer sua marca.

Outro grande sucesso de sua carreira foi enfrentar de maneira otimista até os maiores problemas. Uma das maiores crises da marca ocorreu quando Diego Raimundo da Silva dos Santos, um traficante de drogas do Rio de Janeiro, se entregou à polícia usando uma camisa polo da Reserva.

A marca acompanhou o período em que o traficante foi preso e investiu em ONGs de reintegração de presos na sociedade. Depois de cumprir sua sentença, Diego se tornou cineasta e garoto propaganda de uma das campanhas da Reserva.
É possível perceber porquê Rebeldes têm Asas e como a irreverência brasileira ajudou esse empreendedor a se tornar um dos maiores influenciadores do mercado consumidor do país.

Yasmim Thasla, competidora de robótica, graduanda em Engenharia da Computação e entusiasta de novas tecnologias. 

Deixe uma resposta